Natália
Essa resenha faz parte dos Desafios Literários #1 (mês de janeiro) e #3. Para acompanhar o meu progresso em todos os Desafios de 2011, clique aqui.



A Pirâmide Vermelha (Rick Riordan): Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane tem viajado o mundo com o pai, o brilhante egiptólogo Dr. Julius Kane.
Ele não frequenta a escola e seus pertences cabem um uma única mala. Enquanto isso, Sadie, sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e a chance de levar uma vida "normal". E ele tem tudo o que ela mais deseja: o convívio com o pai. Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente mais nada em comum. Até agora.
Na noite de Natal, Sadie e Carter estão juntos quando o pai os leva ao British Museum, com uma estranha promessa: ele afirma que fará com que tudo volte a ser como antes. O plano, porém, não ocorre como o esperado, e os irmão acabam assistindo ao momento em que o Dr. Julius Kane evoca um personagem misterioso, que num relance desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica.
Abatidos pelo sumiço do pai, Carter e Sadie fazem uma descoberta ainda mais surpreendente: os deuses do Egito Antigo estão despertando, e Set, o mais perigoso deles, planeja algo terrivelmente assustador. Para salvar o pai, os irmãos embarcam em uma viagem perigosa - uma jornada que os conduz até muito perto da verdade sobre sua família e a ligação ancestral que há entre os Kane e a Casa da Vida, uma ordem secreta que existe desde a época dos faraós.
(sinopse: orelhas do livro)



A Pirâmide Vermelha é o primeiro volume de As Crônicas dos Kane, nova saga de Rick Riordan, autor da série Percy Jackson e os Olimpianos. Enquanto as aventuras de Percy se passam em meio a deuses e criaturas da mitologia grega, os irmãos Kane se vêem diante de deuses e seres vindos do Antigo Egito.
Não é segredo para ninguém que eu sou fã assumida de Percy Jackson, mas admito que fiquei um tanto receosa antes de ler esse novo livro do autor. Sempre fui apaixonada por mitologia grega e conhecia bastante sobre o assunto, mas a mitologia egípcia nunca me apeteceu muito, não sei porque. Achei, portanto, que não fosse me deliciar tanto com as aventuras dos Kane. Não podia estar mais enganada!
Impossível dizer qual saga é a melhor. É claro que Percy e cia têm um espaço maior do meu coração (e da minha estante!), mas os personagens dessa nova série são tão apaixonantes quanto. No início, devo confessar que a Sadie me irritava um pouco, sempre reclamando e reclamando. Mas quando você começa a entender o que se passa na cabeça dela, não há como não se encantar. E o Carter... Ah, o Carter é um fofo! Todo certinho, fazendo de tudo para agradar o pai. As outras personagens que surgem são igualmente excelentes! Bastet, Zia e Khufu são os meus favoritos, com suas personalidades marcantes, que tornam a história leve e divertida.
A narrativa é dividida entre os irmãos (2 capítulos para cada um), e o nome de quem está narrando fica sempre no topo da página, pra que ninguém esqueça quem é que está falando. Hahaha. Sem falar que eles interrompem o que estão falando para provocar um ao outro, como qualquer outro casal de irmãos. E mesmo com as brigas e discussões, os dois se tornam cada vez mais unidos no decorrer da história, já que só têm eles mesmos para confiar.
Quanto a minha opinião em relação à mitologia egípcia? Mudou completamente. E o fato de não conhecê-la não afetou de modo algum a leitura. Rick Riordan, além de brilhante escritor, é um professor maravilhoso! Recomendo o livro para todos, sem restrição de idade ou gênero. É, sim, uma obra infanto-juvenil, mas acredito que os adultos podem gostar até mais que qualquer criança.


Título Original: The Red Pyramid
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca




Desafio literário anual hospedado pelo blog My Everything, com o objetivo de promover a interação entre blogs e leitores, além de mostrar os livros a serem adquiridos em 2011. Para participar ou saber mais, clique aqui.
2 Responses
  1. Ptah Says:

    Eu quero muito ler este livro. Mas ja me falaram que ele é inferior a saga dos Olimpianos. Bom, meu nick e apelido de vida inteira vem de um deus Egipcio e talvez eu morra se não for bom.

    Ptah
    www.livrosebichos.blogspot.com
    @livrosebichos


  2. N. Ancalimë Says:

    Eu realmente gostei muito do livro e acho que vale muito a pena ler, Ptah, duvido que você não vai gostar!


Postar um comentário