Natália

Orlando Bloom e Keira Knightley, que interpretaram Will Turner e Elizabeth Swann nos três primeiros Piratas do Caribe, deixaram o elenco. Mas Johnny Depp seu caricato Jack Sparrow. O quarto filme da franquia, Navegando em Águas Misteriosas, foi uma aposta arriscada, já que não contava com o trio de atores original, mas o astro decidiu que embarcaria no novo projeto, triunfando ou afundando com ele, como qualquer bom capitão faria.
Além de uma nova aventura, novos perigos e novas personagens, o longa conta também com Rob Marshall, que ocupa a posição de Gore Verbinski na direção. Como era esperado, a estreia foi um enorme sucesso de público, mas o filme divide opiniões: há quem ame, quem odeie, quem esperava mais ou menos.
Impossível não perceber que o longa foi uma volta às origens. A história linear, centrada em Sparrow, com vilões e mocinhos bem definidos (com o pirata transitando entre os dois grupos) é a mesma fórmula usada em A Maldição do Pérola Negra. O segundo e o terceiro filmes haviam tirado o foco do protagonista, incluindo personagens demais, lutas demais, cenários demais. E Depp de menos.


Embora não tenha a mesma comicidade do original, este quarto episódio tem tudo o que sempre agradou aos fãs: fugas inusitadas, seres sobrenaturais - as sereias são um ponto fortíssimo, perseguições, disputas de espadas e todos os trejeitos que só Sparrow traz pra você.
Visualmente, no entanto, o filme deixa a desejar. Os cenários são lindos, como não poderia deixar de ser, e o figuro é impecável, mas a iluminação fraca incomoda várias vezes e o 3D é quase dispensável.


Barba Negra, uma brilhante performance de Ian McShane, não é um vilão tão marcante quanto o Barbossa de Geoffrey Rush foi, mas Penélope Cruz no papel de ex-relacionamento-enrolado de Jack compensa. O missionário Philip (o gostosão estreante no cinema Sam Claflin) e a sereia Serena (a lindíssima, e também desconhecida, Astrid Berges-Frisbey) ocupam a posição de casal-fofo-que-a-gente-torce-que-fique-junto, que Will e Lizzie deixaram vaga.


Piratas do Caribe 4 deixa uma sensação de mais do mesmo, é verdade, mas Johnny Depp em seu melhor papel sempre vale o ingresso.



4 pipocas
Marcadores: , | edit post
1 Response
  1. Kamila Raupp Says:

    Quero muuito ir ver esse filme! AJSDKA

    Tem duas promoções rolando lá no blog, confere! Kit Guardians: http://migre.me/57oXo e Da sua estante para a Tv: http://migre.me/57oXV

    Beijos, Kamila.

    http://vicio-de-leitura.blogspot.com/


Postar um comentário